Kilamba24horas

Moradores da Centralidade do Kilamba defendem actuação mais eficiente do IGAE

 Moradores da Centralidade do Kilamba defendem actuação mais eficiente do IGAE

Os moradores da Centralidade do Kilamba pedem à Inspecção Geral da Administração do Estado(IGAE), uma acção mais eficiente e proactiva que ajude a mitigar e a prevenir actuação em matérias de corrupção.

Falando aos jornalistas do KILAMBA 24 HORAS, na inauguração das novas instalações da Delegação Provincial de Luanda do IGAE, os moradores ressaltam ser importante que o orgão fiscalizador tenha instrumentos capazes de prestar um serviço público com maior dignidade e responsabilidade dos agentes públicos.

Os moradores frisam que com as novas instalações, o IGAE consiga ajustar o comportamento da sociedade em matéria de corrupção e prevenção da actividade que desempenham.

Segundo os moradores da Centralidade do Kilamba, os corruptos devem ser sensibilizados para mudança de comportamentos, lembrando que muitas vezes a corrupção vem da sociedade para os gestores públicos e vice-versa.

Outro apelo foi feito aos responsáveis de cargos públicos, tendo lhes aconselhado a pautar por uma gestão transparente, com vista ao resgate da confiança do cidadão nas instituições.

Já para para o governador de Luanda, Manuel Homem as novas instalações do IGAI vão melhorar as condições de trabalho, ressaltando que em Luanda as instalações eram precárias e dificultavam de certo modo a sua actuação.

O Inspector-geral da Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE), João Manuel Francisco, reiterou a aposta do governo na formação do capital humano, em matéria de branqueamento de capitais e auditoria para melhor acompanhamento da administração

João Manuel Francisco disse que o foco é capacitar os quadros para que estejam a altura dos novos desafios, onde as especializações são raras em matérias de auditoria, situação que se pretende utrapassar.

Explicou que a instituição conta com mais de quatro centenas de funcionários públicos, distribuídos a nível do país e que ,segundo ele, tal número deve-se à contenção financeira, uma vez que a contratação de quadros exige cautela e controlo das finanças.

As novas instalações da delegação provincial de Luanda da IGAE, vão funcionar a partir de hoje, no distrito Urbano do Kilamba.

Trata-se de um edifício de quatro andares que vai substituir o anterior espaço arrendado.