Kilamba24horas

Maioria dos acidentes na Centralidade do Kilamba é por má conduta dos automobilistas

 Maioria dos acidentes na Centralidade do Kilamba é por má conduta dos automobilistas

Cerca de 70 por cento dos acidentes de viação registados na Centralidade do Kilamba são causados por factores humanos, propriamente de condução ofensiva dos automobilistas, revelou o Departamento de Transgressões, Acidentes e Peritagem da Direcção de Segurança Rodoviária da Polícia Nacional.

Falando exclusivamente ao KILAMBA 24 HORAS, a Policia Nacional exclarece que concorrem, igualmente, para os acidentes de viação na Centralidade do Kilamba a falta de formação profissional sistemática e maturidade dos moradores  na estrada.

Por causa dessas situações acima apontadas, refere o departamento, no último semestre de 2022, foram registados na Centralidade do Kilamba vários acidentes, dos quais muitos resultaram em atropelamentos.

O Departamento frisa ainda que a resolução do problema dos acidentes na Centralidade passa pelo cumprimento do tempo de condução, como o descanso do condutor e o uso obrigatório do tacógrafo nos veículos.

Em nota de término, a Policia Nacional pede que os automobilistas do Kilamba tenham cuidado e atenção com os entrocamentos da Centralidade, visto que a prioridade nas estradas não é absoluta.

Segundo o que os jornalistas do KILAMBA 24 HORAS puderam apurar, boa parte dos acidentes de viação na Centralidade do Kilamba têm acontecido principalmente no entrocamento entre os quarteirões T e P, bem como a zona que liga a via principal que dá acesso a Bomba de Combustível da Pumangol.